O que são os Caminhos de Fátima

Rede de itinerários religiosos e culturais que partem de diversos locais e terminam no Santuário de Fátima. Desenvolvidos pelo Centro Nacional de Cultura, em parceria com múltiplas instituições e em articulação com o Santuário de Fátima, criam condições seguras e aprazíveis para os peregrinos que a pé se dirigem ao Santuário de Fátima, evitando as estradas de grande circulação automóvel, em favor de caminhos de terra e de pequenas estradas rurais. Proporcionam uma verdadeira espiritualidade, em ligação com a natureza e as vivências religiosas e culturais. Percorrem territórios variados, com grande interesse cultural e paisagístico e articulam-se com outros itinerários de âmbito nacional e internacional.

Existem Roteiros impressos em várias línguas (Português, Inglês, Espanhol) dos seguintes Caminhos:

Estão em preparação novos Caminhos:

  • Caminho do Mar (entre Cascais/Estoril e Fátima);
  • Caminho da Beira (no Centro de Portugal, zona da Beira interior);
  • Caminho do Sul (no território do Alentejo).

Planeamento e Orientação

Para percorrer os Caminhos de Fátima com os itinerários que lhe sugerimos, deve fazer a preparação, tendo em conta as condições gerais de cada um dos Caminhos em todo o percurso e as condições específicas de cada jornada ou etapa (caminhada de um dia). Pode também ajustar o tempo recomendado para cada Caminho e prolongá-lo, em função das suas condições, disponibilidades e interesses. 

Image

A sinalização existente no território onde se desenham os Caminhos inclui os símbolos da marca traduzidos na respetiva imagem com representação gráfica e cor. No entanto, até à conclusão do extenso processo de sinalização de todos os Caminhos de Fátima, no território português, pode encontrar formas de sinalização mais simples, incluindo setas azuis. Éessencial utilizar a cartografia sobre o Caminho que pretende fazer. É um instrumento essencial ao longo do seu percurso. 

Image

Fazer o Caminho

Pode fazer o Caminho durante todo o ano. No entanto, é durante a primavera, o verão e o outono que pode ter as melhores condições. No verão, pode esperar alguns dias de elevada temperatura, mas também pode adequar o seu horário, aproveitando para sair bem cedo pela manhã. As jornadas que propomos têm duração adequada ao território a percorrer. Mas, pode estabelecer jornadas maiores ou menores, de acordo com os seus interesses e disponibilidades.  

Em cada jornada, o ponto de partida e o ponto de chegada ficam sempre num local público, junto da igreja paroquial ou de uma capela significativa como espaço religioso e valor cultural. Ao longo de cada jornada, sobretudo nas povoações, peregrinos e caminhantes encontram locais para abastecimento de água e alimentação. Existem albergues e outro tipo de alojamento. Mas, recomendamos que se informe sempre com antecedência. 

Marca e Credencial

Estes itinerários de peregrinação são identificados pela marca Caminhos de Fátima, que incorpora elementos simbólicos: uma azinheira, local de aparição da virgem aos pastorinhos, árvore caraterística da paisagem onde se enquadra Fátima e espécie botânica protegida em Portugal (quercus ilex); cor azul, símbolo do azul celeste e da ambiência atmosférica que se experiencia diretamente no Santuário e no espaço envolvente. A marca é propriedade do Centro Nacional de Cultura e a sua utilização exige autorização. 

Credencial: Não existe um carimbo oficial. Os peregrinos que utilizem esta credencial podem recolher carimbos de entidades que desenvolvam a sua atividade no território de cada caminho (albergues, paróquias, associações, restaurantes, cafés, locais de informação turística, bibliotecas, museus, municípios).

Image